Arquitetura temporária de Londres vira livro!

Estruturas montadas por renomados arquitetos e designers no Summer at the Serpentine ganham livro da Taschen

Desde 2000 o verão europeu ganha um pouco mais de sofisticação com o Summer at the Serpentine, ação que acontece a cada temporada de calor no London s Kensington Gardens. Por lá, arquitetos renomados de várias partes do mundo são convidados a montar estruturas temporárias no pavilhão especial, construído em 1934. Agora, para comemorar os 10 anos de sucesso do evento, a Taschen lança o livro Serpentine Gallery Pavilions, de Philip Jodidio.

 

Durante três meses chegam turistas de todas as partes para admirar trabalhos de arquitetos que até o momento do Summer at the Serpentine não possuem trabalho concluído em Londres – é uma forma de mostrar o que existe de top design em outras partes do mundo. A cada temporada, um número de aproximadamente 250.000 visitantes passam pelo local.

Entre os projetos apresentados nestes 10 anos estão trabalhos de nomes com Zaha Hadid, Daniel Libeskind, Toyo Ito, Oscar Niemeyer, Frank Gehry e tantos outros.

Serpentine Gallery Pavilions
Philip Jodidio
www.taschen.com

Via: Wish Report

Gastronomia de Ano Novo: entrada leve e gourmet

Para a comemoração do Ano Novo ficar muito mais sofisticada, separamos essa receita. É uma entrada facílima, rápida e deliciosa. Acompanha um espumante gelado com perfeição! Barquetes de endívias com presunto cru e alho negro!

 Tempo de preparo: 30 minutos
Rendimento: 10 porções

Ingredientes:

  • 10 folhas de endívias de tamanho médio
  • 10 fatias de presunto cru
  • 3 colheres de sopa de cream cheese em temperatura ambiente
  • 1 colher de sopa de ervas frescas picadas
  • 10 fatias de alho negro

Modo de preparo:

Misture o cream cheese com as ervas até que a mistura fique homogênea. Reserve na geladeira.

Arrume as folhas de endívia no prato em que irá servir. Dobre cada fatia de presunto cru de maneira que cubra todo o interior da folha. Faça uma bolinha com o creme de ervas numa das pontas da endívia e coloque sobre ela uma fatia de alho negro.

Guarde na geladeira até a hora de servir.

Dicas:

    • Esta é uma entrada bem leve. Para deixá-la mais leve ainda, substitua o presunto cru por peito de peru defumado.
    • As fatias de presunto cru devem ser bem finas para que fique fácil de comer.
  • O alho negro é encontrado em delicatessens e lojas de produtos gourmet. Ele tem sabor pungente e adocicado. No caso de não encontrá-lo, substitua por uma uva passa escura ou um pedaço de damasco seco, para fazer o contraponto de sabores.

Via: Lola Mag

Um presente para São Paulo

Depois de passar por um período em obras de restauração, o Theatro Municipal reabre com um café-restaurante assinado pelos irmãos Campana.

Para garantir um clima acolhedor, os designers utilizaram madeira no balcão e na cúpula das luminárias por meio de uma técnica que eles chamaram de marchetaria desconstruída. Em vez de encaixarem os pedaços de madeira, apenas sobrepuseram lascas sem um encaixe perfeito.

Quem costuma frequentar o Theatro Municipal tem agora mais uma opção para os momentos de deleite gastronômico. A exemplo de outras salas, o espaço do café-restaurante também foi totalmente restaurado em comemoração aos 100 anos do teatro e reabriu com um cardápio que atende a paladares variados.

Mas, além de pratos saborosos, o local exibe outro atrativo: o mobiliário criado pelos irmãos Campana. O convite feito pela diretora da instituição, Beatriz Amaral, foi aceito prontamente pelos designers, que ficaram lisonjeados em fazer uma interferência desse porte em sua própria cidade. Com a intenção de multiplicar a visibilidade dos elementos arquitetônicos da sala, o painel de espelhos recortados que recepciona os visitantes foi estrategicamente colocado acima do balcão. Assim, a superfície reflete os belíssimos afrescos e vitrais, também cuidadosamente recuperados. Feitas de anéis de latão dourado sobrepostos, as 20 bases de mesas e as luminárias exibem formato orgânico, desenho característico dos designers. As cadeiras faziam parte da decoração original do teatro e foram mantidas para preservar a memória do espaço.

Via: Casa Abril

7 dicas para decorar uma mesa de Natal

É em torno da mesa que se vive grande parte da noite de Natal e, por isso mesmo, este espaço merece uma decoração à altura: alusiva à época, criativa e especial. Com estas sugestões, este ano vai poder apresentar aos seus convidados, a sua mesa de Natal mais original e bem decorada de sempre!

 

Toalha festiva: o primeiro passo para decorar a mesa para o Natal passa por vesti-la –  e existem várias maneiras de o fazer: desde a tradicional toalha de Natal, a algo mais contemporâneo, como uma toalha toda vermelha e um caminho de mesa dourado ou prateado estendida a meio de uma ponta à outra. Pode ainda optar por não colocar uma toalha, pondo antes a mesa exclusivamente com individuais natalícios ou então na cor da sua decoração de Natal: compre ou crie os seus próprios individuais… seja criativo!

Guardanapos diferentes: este elemento aparentemente simples, mas pode contribuir significativa para uma mesa de Natal bem decorada. Você pode optar por guardanapos de papel com motivos de Natal (estes alegram instantaneamente qualquer mesa!); pode usar guardanapos em cores lisas e condizentes com a decoração de Natal, criando as suas próprias argolas de guardanapos (pode, por exemplo, atar um pequeno enfeite de Natal, um chocolate ou uma pinha em torno dos mesmos); pode dobrar guardanapos de tecido… Ideias não faltam!

Mix de louças: porque não tornar a mesa mais criativa ao misturar os pratos mais natalinos com pratos de cores lisas, como branco, vermelho ou verde? Outra ideia bacana é usar pratos transparentes com adesivos, recortes ou desenhos de Natal: basta colá-los no fundo do prato voltados para cima. Dê ainda um ar festivo aos talheres, agrupando-os com uma bonita fita de cetim colorida. Uma mesa bem-posta, que vai certamente abrir o apetite!

Marcadores que são um mimo: nenhuma mesa bem decorada está completa sem os seus marcadores de lugar – um detalhe pequeno e simples, com um impacto enorme na decoração de Natal! Aproveite os frutos da época e use castanhas, pauzinhos de canela ou laranjas com cravinhos para afixar os nomes dos convidados. Também pode usar postais de Natal antigos como marcadores, basta recortar, fazer um furo e suspender da cadeira com uma fita ou simplesmente dobrar e colocar sobre o prato.

Luz à mesa: numa mesa de Natal não podem faltar as velas, sejam elas de inspiração natalina ou velas de cores lisas, dispostas num bonito candelabro, em frascos atados com fitas de Natal ou flutuando em copos ou jarras de vidro de vários tamanhos. Outra ideia original para decorar com a iluminação de Natal é estender as luzes de Natal por baixo da toalha da mesa – esta deve ser semi-transparente – a meio ou nas pontas, para um efeito verdadeiramente fantástico!

Estrela da mesa: a grande estrela na decoração de uma mesa é quase sempre o centro dela que, apesar de normalmente ser composto por flores, na época de Natal pode ser criado com base em enfeites de Natal, bonecos, um presépio ou até frutas da época. Use a imaginação e crie um centro de mesa de Natal bem original!

Cadeiras convidativas: decorar uma mesa de Natal com criatividade, também pode estender-se às cadeiras – torne-as mais festivas ao pendurar nas suas costas bolas, estrelas, flocos de neve, chapéus de Papai Noel ou até asas de anjos brancas, utilizando uma fita ou uma mola para afixar convenientemente os enfeites de Natal escolhidos. Outra ideia divertida é comprar meias de Natal e calçar os pés das cadeiras – uma decoração aconchegante e inesperada!

Via: Eu Decoro, Martha Stewart

 

‘Tangerine tango’ é a cor Pantone de 2012

A Pantone elegeu a Tangerine Tango como a cor do ano de 2012. Popular na indústria da moda e dos cosméticos, e cada vez mais usada em projetos de decoração, ela é descrita pela empresa como um “um laranja avermelhado e espirituoso”, que dá “o impulso de energia que precisamos para recarregar as baterias e seguir em frente”.

“Reminiscente das matizes de um pôr do sol radiante, a cor combina a vivacidade e a adrenalina do vermelho com a simpatia e o calor do amarelo, formando um tom magnético de alta visibilidade”, esclarece Leatrice Eiseman, diretora-executiva do Pantone Color Institute.

Cítrica, a cor é descrita por ela como “sofisticada, e ao mesmo tempo dramática e sedutora”. No design de interiores, a cor vai bem em composições onde predominam os tons suaves, ou também em ambientes com matizes escuros.

 

Via: Casa Vogue

O branco na decoração

A cor branca é versátil e rende infinitas possibilidades, podendo ser aplicada em ambientes multicoloridos para balancear os tons ou embelezar espaços mais “neutros”. Inspire-se com alguns dos ambientes apresentados na edição especial da revista Saccaro Casa!

Ambiente da arquiteta Ana Dacia Lima:

Ambiente de Bernadete Corso Gazzi e Lorena Beatriz Gazzi Solio:

Ambiente de Débora Aguiar: