Bancos e puffs que vão conquistar você – e o seu habitat

Úteis, práticos, indispensáveis. Bancos e puffs são peças que não costumam destoar da decoração e agregam muito ao seu habitat. Afinal de contas, eles trazem uma ideia de grupo reunido, troca de ideias, reunião. Com um puff, há sempre espaço para mais um, para chegar mais perto. A palavra que melhor o define é diversidade.

Enquanto as cadeiras têm espaldares ora altos, ora baixos, os bancos e puffs estabelecem uma relação de igualdade. Ou seja, não há hierarquia. Por isso, são uma verdadeira paixão – que fica ainda mais sofisticada quando combina design com funcionalidade. Pensando nisso, apresentamos nesse post algumas opções de bancos da Saccaro.

Um lugar:

Dois lugares:

Você pode conferir todos os produtos para interiores e ambientes externos acessando o nosso site. Aproveite, ainda, a Promoção Opportunitá Saccaro: descontos especiais até o dia 20 de fevereiro.

Opportunitá Saccaro: um habitat repleto de vantagens para você

Para quem quer renovar a decoração de seus ambientes, a Saccaro preparou uma promoção especial. Até o dia 20 de fevereiro, todos os produtos da marca estão com descontos de até 50% à vista ou até 35% em 1+9 vezes.

É uma excelente oportunidade para renovar seu habitat e deixá-lo cada vez mais do seu jeito!

Consulte a loja mais próxima no site www.saccaro.com.br

Vinho Vik: pretensão de ser o melhor

 Uma bodega que produz um único vinho. Um corte. Várias uvas mescladas com a obstinação de gerar o melhor vinho do mundo. Está prevista a plantação de 900 hectares de parreirais. A primeira safra ocorreu em 2009. A do ano seguinte arrancou incontáveis elogios de quem teve a sorte de beber do néctar. O vinho Vik não é facilmente encontrado no mercado. No Brasil, está em poucos lugares. Quem o prova quer mais, muito mais. E esta dificuldade só o deixa mais desejável.

Quer saber mais? Você confere a matéria completa na revista Saccaro CasaS. Ela está disponível online aqui, basta clicar.

Imagem via: PPOW

Destinos Saccaro: conheça Algodoal

Muita gente sonha com destinos internacionais, sem se dar conta da imensidão que é o Brasil  – e do imenso leque de opções para passeios disponíveis no país. Hoje nossos olhos se voltam para o nordeste do Pará, onde fica Algodoal. Trata-se de uma das quatro vilas que formam a Ilha de Maiandeua, localizada no município de Maracanã.

 

Os 19 quilômetros quadrados de praias com grandes extensões de areia, manguezais, trilhas ecológicas, passeios de canoa e a pesca esportiva são alguns dos atrativos que mais impressionam os visitantes do local.

Diferente de outras praias do estado, a única forma de chegar à ilha é através de barcos. Para saber mais, confira uma repostagem feita pelo portal G1, clicando aqui.

Do habitat para a decoração: andorinhas são tendência

Do habitat natural elas voaram diretamente para dentro das casas mais alinhadas com as tendências. As andorinhas, agora, estampam almofadas, dão forma a cerâmicas, aparecem em detalhes, pinturas e adesivos de parede. Trazem ares de liberdade à decoração.

Existem inúmeras formas de colocar as aves na sua casa – e nós separamos vários jeitos inspiradores.

 

“O amor, como as andorinhas, dá felicidade às casas” (Émile Zola)

Trancoso, um pedaço do paraíso na Bahia

A fama já vem de alguns anos. Mas, depois de dois acontecimentos em 2010, esse distrito de virou definitivamente o maior hype do litoral brasileiro. O jornal The New York Times relacionou Trancoso em sua lista das 31 viagens imperdíveis do ano e cravou: é um refúgio que fica mais fashion a cada minuto. O calendário Pirelli escolheu o local como locação para os cliques de modelos como a brasileira Ana Beatriz Barros, em trabalho do celebrado fotógrafo de moda Terry Richardson. Mais barracas de praia ganharam contornos de beach lounges, mais lojas descoladas chegaram. E, cada vez mais, quem quer estar no destino da moda, quer estar em Trancoso.

A razão de toda a fama, além das praias, há de ser o Quadrado, praça que é quase um sinônimo de charme no Brasil. Ali não entram carros, os restaurantes funcionam à luz de velas, as pousadas se escondem atrás de casinhas coloridas, nativos jogam bola no final de tarde, a igrejinha dá vista para o mar…

Situada em uma costa margeada por palmeiras no Estado brasileiro da Bahia, Trancoso ainda parece o reduto hippie que tornou a cidade popular há 20 anos, com suas ruas irregulares de paralelepípedos e estradas de terra. Casas de madeira baixas e coloridas são a norma, até mesmo aquelas que atualmente vendem taças de vinho a US$ 35 e pinturas a US$ 3 mil.

Para não ter o passeio frustrado, basta entender o calendário de Trancoso. Caso o intuito seja fazer festa, programe sua viagem para os meses de dezembro, janeiro e fevereiro, quando o vilarejo fica completamente lotado. Já para curtir a essência tranquila do local, viaje fora de temporada.

Veja algumas imagens e encante-se com a cultura e a paisagem desse pedaço de paraíso:

Um dos pontos mais tranquilos de Trancoso é a praia do Espelho, a cerca de meia hora de carro da cidade

Trancoso é uma ex-aldeia de pescadores transformada em um refúgio super elegante para os brasileiros e o jet set chique dispostos a pagar preços de Saint-Tropez por acomodações rústicas em uma praia imaculada. O El Gordo é um restaurante com vista para uma calma piscina

O coração da cena de festas de Trancoso é o Quadrado, um campo aberto gramado próximo a um morro

À noite o Quadrado, em Trancoso, ganha vida: luzes multicoloridas brilham das árvores baixas, amigos sentam-se em mesas ao ar livre à beira do gramado e as galerias de arte ficam abertas até depois da meia-noite

No Terravista Golf Resort, em Trancoso, mansões projetadas por importantes arquitetos brasileiros como Fabrizio Ceccarelli são vendidas por até R$ 5 milhões

Ficou interessado? Saiba mais sobre onde ficar, o que fazer, comer e beber em Trancoso clicando aqui.

Fonte: Viaje aqui, Uol Viagem, Férias Brasil

Um toque de arte muito bem feito, feito à mão

Muito mais do que uma poltrona, uma cadeira, uma mesa. As peças produzidas pela Saccaro transcendem o que chamamos de móveis, pois conjugam toda a tecnologia que a indústria disponibiliza com um toque pessoal que tem muita história. A arte manual da Saccaro está sempre presente, casada com couro, aço, vidro ou mármore, mas ali, nos detalhes ou na peça inteira.

 

O trabalho hand made – feito à mão – tem ganho espaço em vários segmentos por agregar o valor humano. Não depende só da precisão técnica, do apuro de ferramentas, mas de um toque pessoal do artesão, de sua experiência e sensibilidade. Não é como uma peça meramente industrial, sem identidade e feita aos milhares. É pensada e produzida para gerar no futuro dono a mesma sensação de satisfação que o artesão tem ao vê-la acabada.

Experimente uma nova sensação na próxima vez que olhar e tocar os produtos Saccaro. Ao colocar a mão sobre os trançados rústicos, sinta também a energia das mãos dos artistas que conceberam e elaboraram cada detalhe.

Outras maneiras de usar taças

Nem só de bebidas vivem as taças. Aqui, elas são usadas de maneiras diferentes e decoram mesas, transformam-se em vasos e até funcionam como potinhos para servir a pipoca de um jeito elegante. Inspire-se com essas ideias:

Sugestão para incrementar a decoração da sala de jantar, as taças ganharam minissuculentas e espadinhas. A montagem das plantas em miniatura ficou a cargo da Anni Verdi. Elas resistem bem ao novo hábitat se receberem água uma vez por semana

Taças antigas e coloridas viram porta-talheres charmosos. Os garfos e facas foram enrolados em guardanapos de pano e amarrados com uma delicada fitinha

Apresente pipocas de um jeito elegante: as porções individuais em taças de vidro, apoiadas em pratinhos com azeite de pimenta, para dar um gostinho especial. O mesmo ocorreu com as amêndoas.

Colocados em taças de vidro, os lisiantos ficam uma graça. Já o cafezinho ganha uma bossa quando servido em uma tacinha – detalhe para a colher amarrada com a fita.

Via: Casa e Jardim