Hong Kong vista de um modo diferente

Hong Kong é um lugar completamente exótico que oferece várias sensações em seus diversos habitats. Porém, um fotógrafo francês decidiu mostrar uma imagem da cidade até então não documentada.

Romain Jacquet-Lagreze quis captar as sensações que a verticalidade dos prédios passam. Isso no livro Vertical Horizon (“Horizonte Vertical”), no qual a maioria das fotos são tiradas de baixo pra cima, de forma bastante alinhada, nos dando novas interpretações geométricas dos prédios (e um pouco de tontura também).

Vale a pena entrar nessa viagem:

Fonte

Saccaro Balneário Camboriú em novo espaço

A franquia Saccaro Balneário Camboriú, comandada por Marcos e Marilu Nerbass, tem novo endereço – um espaço amplo, moderno, em um dos melhores pontos da cidade, na movimentada Avenida do Estado. A loja está operando em soft oppening desde a semana passada e aguarda sua visita!

Saccaro Balneário Camboriu

Av do Estado,1340 – Bairro Ariribá

(47) 3241.6563

marilu@saccarobc.com.br

A arte que cobre a paisagem

No oeste da África, em Burkina Faso, existe uma pequena vila chamada Tiébélé. Em um espaço circular com pouco mais de 1.2 hectares, moram as pessoas do grupo Kassena, que vivem praticamente isoladas do resto do mundo e mantêm uma identidade cultural bastante forte, distinta e histórica. Parte disso é revelado nas paredes das casas.

Cada residência possui um certo padrão de pintura e cor, garantindo uma “cara” única para cada casa. Muitas delas não são habitadas por integrantes do grupo, mas por cadáveres. Os mausoléus ficam juntos às residências comuns e trazem sua própria beleza, também expressa por meio da pintura nas paredes.

Todos os anos, passado o período de chuvas, as casas são repintadas pelas mulheres do grupo. Os símbolos são tradicionais da cultura Kassena e trazem seus próprios significados, além de representarem o dia a dia dos moradores.

Confira algumas fotos tiradas pela fotógrafa Rita Willaert, que conseguiu permissão para conhecer Tiébélé de perto:

Fonte

O clássico está de volta

O Museu da Imagem e do Som (MIS) em São Paulo se transformou em um castelo! Isso mesmo, depois do grande suspense que vem rondando essa exposição, foi aberta a visitação ao Castelo Rá-Tim-Bum! Os visitantes vão poder reviver, até outubro, todas as emoções criadas pelo programa nos últimos 20 anos!

Reunindo o melhor da série que fez o público infantil dos anos 1990 feliz, a mostra traz toda a magia à tona, reconstruindo o cenário do castelo que por muitos anos abrigou Nino, Zequinha, Pedrinho e Biba, além da bruxa mais amada do país, a Morgana. Claro que não podemos nos esquecer do Etevaldo, Dr. Abobrinha, Adelaide, Celeste, Dr. Victor, dona Caipora e muitos outros que marcaram a nossa infância na tela da TV Cultura.

A mostra também dá acesso aos roteiros e as peças originais da série. A ideia é que o visitante encontre toda a infância dos anos 90 no mesmo local. E quem não viveu esse tempo, como os filhos e netos, podem começar a nutrir toda a paixão por esse mundo mágico e completamente brasileiro.

Em mais de dez ambientes, é possível perceber o cuidado com os detalhes, visto que a produção realmente se preocupou em deixar o cenário fiel ao o que costumava ser visto, deixando tudo bem interativo, com personagens que se movem, conversam e mobiliário disponível para as mais diversas fotografias. E o mais legal: a passagem secreta giratória entre o hall e o quarto do Nino existe!

Veja algumas fotos da exposição que vai até o dia 12 de outubro:

Fonte

Arte feita com fotografias surreais

Há um ditado que diz que “as fotografias são a pintura da alma”. Porém os artistas podem achar que apenas uma imagem capturada não é o bastante. Esse é o caso do fotógrafo italiano, de apenas 19 anos, Giulio Musardo. Cada clique é pensado, preparado, capturado e editado para refletir os sentimentos daquele exato momento.

Mesmo com a pouca idade, ele já é referência entre a nova geração de fotógrafos no Flickr. Suas imagens fortes e conceituais são fruto de cenários bem pensados e manipulações digitais que beiram a perfeição.

As cenas formam narrativas visuais misteriosas, em que o espectador busca nas imagens os elementos que compõem uma história. Em muitas das fotos, Giulio posa ele mesmo como modelo e a partir da adição de outros elementos, digitalmente, cria imagens de tirar o fôlego, como as que você vê abaixo:

Beleza natural. Conheça a casa inspirada na natureza.

A natureza é encantadora e cheia de inspirações. Através de um projeto criado para uma residência privada da Undercurrent Architects, foi criada a “Casa Folha” (Leaf house), inspirada na natureza. Seu telhado lembra as folhas que caem das árvores no outono, permitindo a entrada do sol por entre as folhas, em seu interior, peças que se assemelham a troncos e galhos se espalham das paredes até o teto. As paredes de vidro permitem que quem está de fora possa observar a beleza da casa, e, em alguns pontos, o interior dela se confunde com o pátio atrás dela. As paredes são onduladas, o que suaviza os reflexos de luz.

A construção além, de inovadora é sustentável. A criação dos designers Didier Ryan e German Perez Tavio precisou  utilizar métodos improvisados para alcançar a elevada complexidade técnica com as restrições de custo. Foram utilizadas estratégias para economizar energia, como iluminação com baixo consumo, técnicas para retenção de água da chuva e sistema de refrigeração e aquecimento solar passivo – aquecimento solar sem a utilização de bombas.

A combinação de design ambiental e materiais de alta e baixa tecnologia resultam nessa construção harmônica, sensível e engajada com o meio ambiente.

Confira algumas fotos e encante-se:

 

Arte em miniatura. Confira as surreais esculturas esculpidas em torno de Bonsais.

Bonsais já são uma forma de arte, não há como não se encantar com essas pequenas árvores, com toda a grandiosidade de suas folhas, galhos e troncos em tamanho miniatura. O artista japonês Takanori Aiba além da arte de cultivar bonsais, cria incríveis obras ao redor dos bonsais, formando imagens surreais.

 

Confira as imagens e apaixone-se:

 

Das bolhas da taça para as bolinhas de doce. Aprenda a fazer brigadeiro de champagne.

Se tem uma coisa que todo mundo ama é brigadeiro. A receita brasileira caiu no gosto popular e hoje em dia é encontrada em vários formatos e sabores, incluindo os deliciosos gourmet. Unimos essa paixão por outra também bem conhecida e quase unanime quando o assunto é bebidas: champagne.

A receita é super simples, fica pronta rapidinho e é uma delicia! Ideal para receber os amigos, e pode ser servida também em potinhos, para comer de colher. Já deu água na boca? Então veja o passo a passo e aproveite!

 

Ingredientes:

1 lata de leite condensado

1 colher (sopa) de manteiga sem sal

2 colheres (sopa) de chocolate branco picado

30 ml de champagne

Raspas de chocolate branco para decorar, ou bolinhas de chocolate branco, como na foto.

 

Modo de preparo:

Em uma panela, coloque o leite condensado, a manteiga, o chocolate picado e o champagne. Leve ao fogo baixo, mexendo sem parar, até que a mistura comece a soltar do fundo da panela. Se for servir em copinhos, coloque nos recipientes individuais enquanto o brigadeiro ainda estiver morno, depois, decore com as raspas ou as bolinhas de chocolate. Se for servir enroladinho, em bolinhas, transfira o brigadeiro da panela para um prato e deixe esfriar. Faça bolinhas com o brigadeiro e passe cada uma nos confeitos.

 

Bom apetite!