AS BIBLIOTECAS MAIS BELAS DO MUNDO

Se você é fã do cheiro e da beleza dos livros em papel, à moda antiga, ou é um grande admirador da arquitetura, estas bibliotecas vão ser um deleite para os seus olhos. Conheça alguns dos espaços para ler mais charmosos do planeta:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: revistacasaejardim

 

 

Os pets mais famosos dos anos dourados

Livro mostra os animais das estrelas do passado.

Há quem diga que, entre os anos 1950 e 1960, a Riviera Francesa era um lugar onde todos eram bonitos e felizes. Naturalmente, o destino paradisíaco era a escolha certeira de todas as celebridades dos anos dourados. Foi nesse contexto dos sonhos que o fotojornalista irlandês Edward Quinn (1920 – 1997) registrou para a posteridade ícones da arte e do cinema – que vão de Pablo Picasso a Grace Kelly – em momentos mais que descompromissados. O segredo de Quinn para atravessar a aura de autoproteção que elas tinham – e ainda têm nos dias de hoje – está no livro recém-lançado pela editora teNeues:

Além do modo gentil com o qual o irlandês tratava as estrelas, o truque para flagrá-las com naturalidade era abordá-las enquanto estavam com seus bichinhos ou outros animais. Como um passe de mágica, elas baixavam a guarda, tornavam-se acessíveis e permitiam ser fotografadas em momentos íntimos.

Tal tática surgiu logo no início da carreira de Quinn, quando registrava uma competição de cavalos em Nice, na França. Não demorou muito até que seu nome fosse citado pela revista People como “o responsável por levar a fotografia de celebridades para o campo das artes” e que seus cliques passassem a mostrar cenas até então nunca imaginadas pelo público. Em Celebrity Pets é possível ver o Príncipe Rainer impressionando Grace Kelly com um tigre, Salvador Dali e sua eterna musa Gala se divertindo com um carneirinho, e Brigitte Bardot dividindo com sua inseparável vira-lata Guapa o lugar que todos os homens dá época sonhavam: a cama.

 

Edward Quinn: Celebrity Pets – On the French Riviera in the 50s and 60s

160 páginas

Publicado em inglês, francês e alemão

Editora teNeues

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: casavogue Por Michell Lott;  Fotos Edward Quinn / Divulgação

 

 

Para começar bem o dia: confira esta receita de granola que é uma Delícia!

Receita de Granola

INGREDIENTES

2 3/4 xícaras (chá) de aveia em flocos
1 xícara (chá) de pistache sem casca
1 xícara (chá) de lascas de coco sem açúcar
1/3 xícara (chá) de sementes de abóboras
1 colher (sopa) de sal
1/2 xícara (chá) de açúcar mascavo
1/3 xícara (chá) de mapple syrup
1/3 xícara (chá) de azeite extra-virgem
3/4 xícara (chá) de cranberries

 

Modo de Preparo da receita de granola

1. Para fazer sua receita de granola, pré-aqueça o forno a 300ºC. Em uma tigela grande, misture a aveia, pistache, coco, sementes de abóbora e sal.

2. Com o fogo baixo e em uma panela pequena, aqueça o açúcar, o xarope e o azeite até que o açúcar se dissolva. Retire do fogo e mexa junto com a mistura de aveia, pistache, coco e sementes de abóbora.

3. Forre uma assadeira grande com papel manteiga e espalhe granola por cima. Asse até que seque e fique levemente dourada (cerca de 35 a 40 minutos), mexendo algumas vezes ao longo do processo.

4. Remova granola do forno e misture nela as cranberries. Deixe esfriar e transfira para um recipiente de armazenamento.

 

Bom apetite!

 

Fonte: dedodemoca.net

Designers da federazione italiana del design criam coleção de objetos cotidianos e divertidos usando a terracota, material tradicional da vida caseira mediterrânea

 

Em casas italianas é comum encontrar pelo menos um vaso ou pote feito com terracota, material artesanal realizado a partir de argila cozida no forno. Justamente por ser um elemento tão presente no cenário doméstico do país, a Federazione Italiana del Design desenvolveu uma coleção de peças que traz a terracota como matéria-prima principal. Formada por dez jovens designers, a FID se uniu a artesãos locais para criar objetos simples do uso cotidiano, que vão de uma luminária de mesa a um espremedor de laranja.

 

A coleção foi especificamente desenhada para a exposição Terracotta Everyday, que ocorreu em 2014 no Superstudio Più e representou a primeira participação do FID na Fuorisalone, circuito de eventos voltado para design e mobiliário que acontece na Itália. O grupo de designers, ao lado dos artesãos, teve a liberdade para adicionar outros materiais além da terracota, desde que esta última fosse o elemento de destaque.

 

Especificidades
Quem deseja manusear a terracota necessita de um conhecimento prévio sobre a matéria-prima para conseguir prever o resultado final. Trata-se, por exemplo, de um material que encolhe enquanto seca, o que precisa ser levado em consideração. Estes tipos de restrições fizeram com que os designers estabelecessem um diálogo próximo com os artesãos tradicionais para pensarem juntos em soluções de design e feitura.

 

Produtos
Os designers desenvolveram objetos da rotina – mas não por isso são artigos monótonos ou sem criatividade. Andrea Sciarrino, por exemplo, criou a série Charlot, formada por rolhas de vinho empilháveis, inspirada na cena final do filme Tempos Modernos, de Charles Chaplin. Feita com terracota e anéis de borracha, a coleção foi manufaturada pelo artesão Walter Castelnuovo. Já Jacobo Ferrari redesenhou o conhecido espremedor de laranja. Ao lado da artesã Maria Luisa Tribolo, Ferrari desenvolveu o utensílio também com a terracota e alguns fios de plástico, em alusão ao material original do objeto que povoa cozinhas de todo o mundo.

Coleção completa apresentada na Fuorisalone, na Itália

Jacopo Ferrari e Maria Luisa Tribolo | squeezer, espremedor de laranja

Giorgia Zanellato e Ceramiche Milesi | tegola, peça inspirada em telhas italianas

Andrea Sciarrino e Walter Castelnuovo | coleção de rolhas charlot

Francesca Sciarmella e Manifatture Sottosasso | mesa line, com estruturas de metal e partes removíveis que podem ser usadas como bandejas

 

Fonte: http://bamboonet.com.br

Um roteiro de viagem perfeito para as férias – Ponta dos Ganchos Exclusive Resort

O Ponta dos Ganchos Exclusive Resort, está localizado em Governador Celso Ramos – SC, cidade não muito conhecida, mas que fica bem próxima a Florianópolis.

As pitorescas vilas de pescadores e a beleza peculiar do local é o que mais chama atenção quando se chega a esta pequena cidade que dispõe de águas esverdeadas e encostas cobertas por mata atlântica gerando um intenso contato com a natureza.

Uma das particularidades do hotel é a exclusividade e também a privacidade dos hóspedes devido ao verde que encobre o Resort. Com isso, muitos famosos se hospedam no Ponta dos Ganchos em busca de tranquilidade e anonimato. Hotel de luxo e um dos poucos no Brasil com o selo Relais & Châteaux (seleção dos mais belos restaurantes e hotéis espalhados pelo mundo) conta ainda com uma ilha particular que se chega através de um trapiche.

 

O Bangalô

O Ponta dos Ganchos Exclusive Resort conta com apenas 25 bangalôs, de seis categorias, todos especiais e bem localizados. As fotos abaixo são do bangalô Da Vila, o qual tem tarifa intermediária.  Nesse bangalô tudo é duplo: dois lavabos separados, pia dupla, dois closets e chuveiro duplo.

Refeições

As diárias incluem somente café da manhã. Para quem deseja optar pelo sistema all inclusive, no qual os pratos variam diariamente e são criados por um chef super-renomado, gourmet (bebidas alcoólicas, porém, são á parte) deverá pagar uma taxa extra por diária.

Com este sistema, você pode escolher entrada, prato principal e sobremesa, até mesmo o horário que deseja fazer refeições. Os alimentos são frescos e cultivados no próprio vilarejo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Romance

O Resort proporciona tudo para que romance seja o clima que impere durante a estada. Por ser um local para relaxar, não recebe menores de 18 anos.

Uma das atividades que mais se recomenda é o jantar especial na ilha (imagem abaixo). Apenas um casal pode jantar a cada noite. Você escolhe o horário e o menu. Música ambiente e um garçom exclusivo também contribuem para que o ambiente fique ainda mais propício para o deleite do casal.

O Ponta dos Ganchos realiza também casamentos. Estes podem ser menores e intimistas ou até grandiosos com o hotel todo fechado para o evento.

 

Fonte: travelforever.com.br

Prêmio Brasil de Fotografia exibe obras

São Paulo recebe até 31 de março uma amostra do melhor da produção contemporânea de imagens fotográficas do Brasil. Trata-se da exposição com as peças vencedoras do Prêmio Brasil de Fotografia de 2014, honraria que distribuiu R$ 180 mil a seis artistas.

O destaque vai para o veterano João Roberto Ripper, especializado em imagens de Direitos Humanos. O fotojornalista ganhou a categoria Especial, dedicada ao conjunto da obra.

Sonia Guggisberg e Gilvan Barreto conquistaram os prêmios por ensaios já realizados. A artista registrou no vídeoSamarina a derrubada de um galpão industrial. Enquanto a câmera focaliza o movimento da fumaça e do pó provocado pela queda, os sons da demolição se misturam às vozes de crianças que cantam em um áudio da década de 1970.

Barreto venceu o prêmio com o conjunto de imagens Moscouzinho, alcunha dada a Jaboatão (PE), primeira cidade a eleger um prefeito comunista do Brasil. O fotógrafo cresceu na cidade durante os anos 1970, seguindo seus pais em reuniões políticas. Inspirado pela poesia soviética, misturou manualmente arquivos da ditadura militar e fotos de álbuns de família.

As bolsas de desenvolvimento foram para Marcos Muniz, com o ensaio documentalMenonitas; Paula Alzamara, com o projeto À Margem, e Vinicius Assencio, para a investigação fotográfica O Mesmo Fogo em Outras Terras. Cada um recebe R$ 20 mil como incentivo para desenvolver os trabalhos.

Os seguintes especialistas compuseram o júri do prêmio: Boris Kossoy e Walter Firmo, fotógrafos; Cildo Oliveira, artista visual; Leonor Amarante, curadora e jornalista, além da pesquisadora e professora Simonetta Persichetti.

Exposição Prêmio Brasil de Fotografia

Data: até 31 de março

Local: Espaço Cultural Porto Seguro

Endereço: Av. Rio Branco, 1489, Campos Elíseos, São Paulo, SP

Horário: de terça a sexta, das 10h às 19h; sábados e domingos, das 10h às 17h

Entrada franca

 

Pai e filho convivendo com o semiárido, imagem de João Roberto Ripper clicada em 2013 na Paraíba

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Vazanteiros da comunidade Ilha Pau Preto, registro feito em Matias Cardoso (MG), às margens do rio São Francisco

 

 

Ensaio Samarina, de Sonia Guggisberg, foca na destruição de um galpão industrial em São Paulo

 

 

 

 

Fotomontagem integrante do ensaio Moscouzinho, do pernambucano Gilvan Barreto

 

 

 

Moscouzinho tem como ponto de partida a cidade de Jaboatão (PE), primeira a eleger um prefeito comunista no Brasil

 

 

 

Menonitas, projeto de ensaio de Marcos Muniz, premiado com bolsa de desenvolvimento

 

 

 

Com o projeto O Mesmo Fogo em Outras Terras, Vinicius Assencio se propôs a investigar as queimadas das lavouras de cana de açúcar e terrenos baldios, comuns no interior paulista

 

 

 

 

Projeto À margem, Paula Alzamara investiga a questão da reprodutibilidade na fotografia. Parte do trabalho consiste em montar negativos fotográficos com filme 120 mm sobre suportes de acrílico

 

Fonte: Casa Vogue | POR NILBBERTH SILVA

Salada Tropical

Nos dias quentes de verão, nada melhor que uma saladinha para refrescar!

Ingredientes

2 xícaras (chá) de folhas de espinafre
1 colher (sopa) de uvas passa
2 colher (sopa) de castanhas picadas
1 colher (sopa) de quejo de cabra esfarelado
1 carambola cortada e fatias

Modo de Preparo

1. Lave bem as folhas em água corrente.

2. Monte a salada: acomode as folhas de espinafre, em seguida espalhe as castanhas, uvas passas, o queijo e a carambola.

3. Se quiser, você pode preparar um molho para acompanhar.

 

Quantidade: 4 porções

Tempo de preparo: 15 minutos

Dificuldade: Fácil

 

Fonte: dedodemoca.net