Casa & Cia: Especial Semana do Design de Milão

Mesa Serra Pelada, de Roque Frizzo para a Saccaro está novamente entre os destaques do Salão Internacional do Móvel de Milão.

“Não havia nada que se comparasse à mesa Serra Pelada no Salone em uma avaliação dos quesitos impacto visual e personalização. O público parava primeiro pela envolvente luminotécnica criada pelo italiano Studio Decoma Design, tanto autor do espaço quanto dos bancos Birillo, junto à marcante mesa. Vista de cima, pelo tampo de vidro, fica clara a inusitada temática que começou a partir da visão de imagens aéreas do desmatamento da Amazônia.”

Confira abaixo a matéria veiculada do Zero Hora – Casa & Cia* – 29/04/2015.

Belém do Pará: Deleite-se com uma culinária efervescente e rica em cultura

 
 A capital paraense foi  inspiração para a edição da Revista Saccaro Casas do mês de março

 Os olhos brilham quando é mencionado o nome Pará. Não há um chef de cozinha que não sucumba a ele. Este estado brasileiro, no extremo norte do país, faz parte da Amazônia! Traduzindo: é abençoado com o melhor da terra. Sua culinária recebeu forte influência indígena e revela alguns vestígios deixados pelos portugueses e africanos. Os peixes vêm do rio e do mar, e há uma quantidade expressiva de frutas. A castanha-do-pará é usada de diversas formas: triturada até virar caldo, ralada, em pedaços ou inteira. Bem, a farinha não pode faltar na mesa de um bom paraense, que deixa claro: para cada prato usamos uma farinha diferente. O pato no tucupi, maniçoba e tacacá são algumas das receitas tradicionais da marcante e saborosa cozinha paraense.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Confira estas deliciosas e especiais receitas na Revista Saccaro Casas. Descubra também os mil e um encantos que a bela capital paraense tem a oferecer:

 http://www.saccaro.com.br/site20122/pdf/saccaro-casa-s4.pdf 

SACCARO CURITIBA – 1ª MOSTRA CONCEITO

Na tarde de quinta-feira, 23/04, o empresário Reinaldo Vido e Bia Moreira Rodrigues, gerente da Saccaro Curitiba, receberam convidados para um requintado brunch de abertura da Primeira Mostra Conceito Saccaro.

Momentos de muita descontração onde os convidados puderam conferir os lançamentos, novidades e as tendências nos belos ambientes assinados por grandes nomes da Arquitetura e Decoração curitibanos.

 

Ambientes e Profissionais:

Período para visitação – Abril à Julho

Al. Carlos de Carvalho, 1024 – Batel

Curitiba – PR

41 | 3222 6566

saccaro.com

Créditos para as fotos – Gerson Lima e Raquel Lima

Equipe Saccaro

Hotel Sumaq, aos pés de Machu Picchu, tem decoração com referencias à rica cultura Inca

Machu Picchu significa, em quíchua, velha montanha. A famosa cidade perdida dos Incas fica a 2.400 metros de altitude, no vale do rio Urubamba, Peru. Aos pés desta antiga e grande cadeia montanhosa, fica o hotel Sumaq Machu Picchu. Cercado pela natureza típica da região e a apenas 15 km (30 minutos de ônibus) do Patrimônio Mundial da Unesco, se tornou emblemático para os turistas que querem a experiência de se hospedar entre as montanhas que no passado foram lar de um império.

Para aprofundar ainda mais a imersão inca, o hotel acaba de passar por uma reforma. Os novos interiores fazem referencia à antiga civilização que ali viveu e à cultura do Peru. O projeto é de autoria das designers ítalo-peruanas Carmine e Sandra Furgione. Elas exploraram o símbolo da cruz inca, chamada de chakana, na decoração.

Logo na entrada do Sumaq, um painel de madeira, iluminado por 520 medalhões banhados a ouro. “É uma peça única e muito especial, que nos lembra que aqui a história é valiosa e inesquecível”, dizem as designers. Ainda no térreo, onde ficam o lobby e a recepção, há outras peças de ouro e bronze decorando paredes e mesas. Há também esculturas com figuras incas e grandes potes chamados de keros.

Outra grande novidade é a nova escada que surge do centro do salão, decorada por vasos com flores abundantes, que leva ao restaurante Qunuq, no segundo andar. O estabelecimento também passou por renovações e ganhou quadros de madeira e cerâmica que contam a histórica dos Incas, mostrando suas tradições e estilo. São mais de 300 peças feitas artesanalmente por moradores de Písac, povoado do Vale Sagrado dos Incas. O ambiente também exibe potes de cristal com cereais típicos, como milho, quinoa e feijões, numa representação da agricultura e alimentação inca.

Já os quartos são confortáveis e têm iluminação acolhedora. Cerâmicas e tecidos apresentam cores quentes e a marcenaria teve cuidado especial. Alguns dos quartos, chamados de Superior Luxury, têm paredes revestidas por painéis de madeira e molduras com aplicações de ouro nos espelhos e cabeceiras. O guarda-roupas leva aplicações de bronze na forma de chakanas. O próximo passo da renovação é a construção de terceiro e quarto andares, permitindo que mais viajantes vivenciem a história cativante deste santuário chamado Machu Picchu.

Confira alguma fotos do hotel logo abaixo:

Fonte: Bamboonet

Nhoque de batata-doce é pura saúde

Uma refeição orgânica, livre de substâncias químicas e leve é, sem dúvida, uma das melhores pedidas para quem busca a tão sonhada boa forma, bem como os que desejam viver mais e melhor. Sabedor disso, o The Gourmet Tea é um dos points mais tradicionais e famosos de São Paulo e ensinaram esta receita imperdível de nhoque de batata-doce, mostrando que pratos tradicionais podem ser leves e agradáveis. Veja abaixo o passo a passo e corra para a cozinha!

Nhoque de batata-doce
Rendimento: 20 porções

Ingredientes

Para a massa
• 5 kg de batata-doce
• 5 ovos inteiro
• 2 colheres de sopa de sal
• 1 noz moscada ralada
• 10 voltas no pimenteiro (pimenta-do-reino)
• 1 kg de farinha de trigo branca orgânica

Para o molho (rende uma porção)
• ¾ de xícara de tomate picado
• 1 colher de chá de alho picado
• ½ colher de chá de azeite
• 1 colher de chá de manjericão
• 2 g de sal

Para a decoração
• 20 colher de chá de farofa de pão
• 20 folhas de manjericão
• 20 colheres de sopa de raspas de parmesão

Modo de preparo

• Cozinhe a batata em água durante uns 15 minutos, ou no ponto de cozimento, mas sem desmanchar. Escorra e esprema com a batata ainda quente, faça um purê e deixe esfriar
• Misture o ovo, o sal, a pimenta do reino e metade da farinha de trigo. Faça uma massa e divida em quatro. Reserve
• Com o restante da farinha, divida para trabalhar os pedaços um por um, enrole um fio e corte para fazer as bolinhas
• Cozinhe em água fervente até que as bolinhas subam para a superfície. Coloque em água gelada e reserve
• Ao retirar da água gelada, coloque em uma assadeira com óleo e porcione com 20 bolinhas
• Para o molho, frite o alho no azeite, os tomates picados e o manjericão
•  Com as bolinhas de nhoque pré-aquecidas em água quente, tempere com sal e coloque no prato; por cima do molho jogue a farofa, o parmesão e as folhas de manjericão.

Fonte: Casa Vogue

Nova mesa de Roque Frizzo foi inspirada pelo simbolismo da escavação de Serra Pelada, no Pará

publi bamboo + saccaro

“Poucos fizeram fortuna em Serra Pelada. Uma esperança vazia que acompanhou muitas pessoas quando o garimpo foi fechado e inundado pela natureza, se tornando um lago”, diz o designer Roque Frizzo. Este episódio fascinante da história brasileira é a inspiração para o seu novo móvel para a Saccaro. Serra Pelada é uma mesa de jantar de madeira e pés de metal, com um grande furo no centro, que se aprofunda até o chão, como um quinto apoio. A depressão é sinuosa, como as icônicas galerias de escavação. Sobre ela, há um tampo de vidro. “Ficamos em volta observando o fundo sem poder alcançá-lo, como os garimpeiros na borda da mina”, explica o designer.

Na Mesa Serra Pelada, além de explorar uma paisagem, o design de Frizzo incorporou também a história e a cultura da nação. Produzindo um design contemporâneo, aliado a características da história brasileira

 

talento brasileiro

Há 30 anos a Saccaro apoia o design autoral. Em 1985, iniciou parcerias com designers, arquitetos e artistas para a criação de móveis que traduzissem o talento e o artesanato brasileiro. Roque Frizzo foi procurado pela marca em 1996, após vencer um concurso nacional de novos designers e desenha para a marca desde então.

Fonte: Bamboonet