Bez Batti – pioneiro na escultura com basalto

Ele vive isolado em um sítio na serra gaúcha, e faz dos seixos do rio taquari sua conexão com o mundo

João Bez Batti luta contra o tempo. A rapidez com que os dias passam preocupa o escultor, que há quase meio século dedica sua vida exclusivamente às pedras. É um paradoxo: trabalha meses a fio em obras que permanecerão sólidas por muitos anos, mas o tempo parece faltar. O basalto, sua principal matéria-prima, é das rochas mais duras que existem, praticamente intransponível.

Inspirado pelos mestres do passado, encontra em Henry Moore, Isamu Noguchi e Constantin Brancusi o universo estético com o qual mais se identifica. Madrugada adentro, desenha sem parar e projeta o futuro. “Existem momentos em que se pensa que tudo já foi feito. Mas a minha maior obra está no papel, ainda não nasceu”, comenta.

O basalto é uma pedra difícil. Além da complexidade do manuseio, suas tonalidades só se revelam depois de muito bem polida, ou no contato com a água. Foi assim, ainda menino, que o escultor descobriu um verdadeiro arco-íris nas praias de seixos do rio Taquari.

Bez Batti, como é conhecido, nasceu na estância Mariante, no município de Venâncio Aires, no Rio Grande do Sul. Aos quatro anos, foi morar com a família em Volta do Freitas, às margens do Taquari, uma continuação do rio das Antas. Essa sequência de rios atravessa sinuosamente a serra gaúcha, marcando seu caminho com fragmentos de pedras basálticas que, trabalhadas pela paciência da água, possuem formas e cores únicas. Ali o menino João se comoveu com o mundo. “Eu era diferente de todos dali. Me encantava pela natureza, pelos animais e pelas pedras. Os seixos sempre me causaram uma emoção estética muito forte”, relembra.

Bez4084 DSC1178

Bez4090 BaEsc-Floracao-I

BaEsc-Maca-IV-3528

BaEsc-Planeta-Anelado4009

BaEsc-Planeta-das-Formigas4216

BaEsc-Sagitario-II-0801

BaEsc-Disco-Lunar

Bez4109

 

Fonte: bamboonet

 

Designer Roque Frizzo é destaque em palestra na Saccaro Gabriel

 

No dia 16/07/2015 a franquia Saccaro Alameda Gabriel Monteiro da Silva, localizada em São Paulo – SP, promoveu uma palestra com Roque Frizzo. Este ano a Saccaro expôs pela primeira vez no Salão do Móvel de Milão e foi a mesa-escultura Serra Pelada, criada por ele, que ganhou destaque na exposição.

Na palestra, Frizzo, que usa bastante madeira em suas obras, explicou seu processo criativo na combinação do industrial com o feito à mão.

Confira abaixo algumas imagens do evento que foi um sucesso:

FRIZZO4 FRIZZO1

FRIZZO2 FRIZZO5

FRIZZO3 10982895_856280067793899_8103881467417488256_n

Conheça Genesis: a obra de Sebastião Salgado

“Um fotógrafo é literalmente alguém que desenha com a luz. Um homem que escreve e reescreve o mundo com luz e sombra. Coloque vários deles em um mesmo lugar e eles tirarão sempre fotos diferentes. Cada um tem sua maneira de ver em função da sua história.” As frases de Sebastião Salgado são algumas das reflexões acerca de sua trajetória e de seu ofício reveladas ao longo do documentário O Sal da Terra que foi apresentado pela primeira vez na França em outubro de 2014. O filme veio à tona em meio a outras celebrações que envolvem a fase atual da vida do fotógrafo, como a publicação do livro Genesis, pela editora Taschen, e a abertura de uma exposição homônima, que já passou por museus nos quatro cantos do globo. Dirigido pelo filho Juliano Ribeiro Salgado e pelo premiado cineasta alemão Wim Wenders, o fotógrafo mineiro aceitou revisitar, em frente às câmeras, passagens marcantes de sua obra.

O longa-metragem, indicado ao Oscar na categoria de melhor documentário este ano, é como um mergulho em mais de 40 anos de carreira: do início, nos anos 1970, até Genesis, sua série mais recente, que, em suas próprias palavras, “fecha um ciclo de histórias”.

 

Abaixo, algumas das obras do fotógrafo:

 

51-salgado

Foto de um nenet, povo nativo da Sibéria que vive em temperatura de 30 graus negativos, (Genesis, 2004).

46-salgado

Fotografia da guerra no Kuwait (1991)

47-salgado

Essa foto foi capturada na Antártica.

49-salgado

Capturada no Brasil pelo fotógrafo, esta foto revela seu estilo de trabalhar com a luz e a sombra e o contraste entre o preto e o branco.

53-salgado

Foto de trabalhadores de Serra Pelada (1986).

48-salgado

O cineasta alemão Wim Wenders.

50-salgado

O diretor Juliano Salgado.

55-salgado

O fotógrafo Sebastião Salgado.

54-salgado

África.

 

Reportagem Luisa Cella I Fotos Sebastião Salgado| Amazonas Images

Fonte: casa.abril.com.br

Os contornos de uma mesa-escultura

 

A indústria de móveis Saccaro está comemorando 30 anos na fabricação de peças com design autoral. Só com Roque Frizzo são 17 anos de parceria em que o designer acumulou dezenas de prêmios. Este ano a empresa expôs pela primeira vez no Salão do Móvel de Milão e foi a mesa-escultura Serra Pelada, criada por ele, que ganhou destaque na exposição. Amanhã, Frizzo que usa bastante madeira em suas obras, explica seu processo criativo na combinação do industrial com o feito à mão.

Na loja Saccaro, na Alameda Gabriel Monteiro da Silva, em São Paulo. RSVP: (11) 3062 6277

serrapelada

Fonte: valor.com.br

Especial sopas: aproveite o inverno!

Dando continuidade a seleção de deliciosas sopas,  confira abaixo mais três receitas  para aproveitar o inverno!

Aprenda: karê com camarão empanado
Receita asiática é tradicional e deliciosa

kare_com_camaroes_empanados.

Flávio Miyamura, chef de apenas 28 anos que já passou por grandes restaurantes, embarcou em 2012 em sua primeira aventura solo, o Miya. Localizado no número 47 da Fradique Coutinho, em São Paulo, a casa é um refúgio para quem procura boa gastronomia – como o karê, prato tradicional da culinária japonesa, e que leva camarões empanados. Confira a receita e delicie-se!

Karê com camarão empanado
Rendimento: 4 porções

Ingredientes
• 125 ml de óleo de canola
• 1 cebola média
• 1 batata grande
• 1 batata-doce grande
• 2 cenouras
• 50 g de gengibre
• 1 maçã fuji
• 125 g de curry nível 3 (em tablete)
• 125 g de curry nível 5 (em tablete)
• 2,5 l de água
• Sal a gosto
Camarão empanado

• 4 camarões grandes
• Sal e pimenta do reino a gosto
• Farinha de trigo para empanar
• 2 ovos
• Farinha panko para empanar
Modo de preparo
• Leve uma panela grande ao fogo médio, coloque o óleo e, quando estiver quente, acrescente a cebola cortada em cubos médios e deixe dourar bem
• Corte a batata-doce, a batata e a cenoura em pedaços médios e coloque na panela. Misture tudo muito bem e acrescente a água
• Junte os tabletes de curry e vá mexendo para dissolver. Coloque o pedaço de gengibre e feche a tampa
• Cozinhe por 40 minutos, passado este tempo abra a panela e acrescente a maçã ralada grossa. Cozinhe por mais 5 minutos e reserve
• Tempere os camarões com sal e pimenta do reino e empane-os passando primeiro na farinha de trigo, depois nos ovos e por último na farinha panko. Frite por imersão até estarem dourados e crocantes
• Bata o cozido no liquidificador por um minuto enquanto frita os camarões e sirva junto

Por Redação; Foto Divulgação

 

Sopa de tomate deliciosa e fácil
Aprenda passo a passo de prato tradicional

pj_sopadetomate
O bar nova-iorquino P.J. Clarke’s inaugurou seu segundo endereço fora dos Estados Unidos em 2012, na rua Oscar Freire, em São Paulo. A tradicional fachada de tijolos aparentes, janelões e luminárias art déco também estão nas unidades mais recentes do grupo – na rua Mario Ferraz e no bairro do Leblon, no Rio de Janeiro. Uma receita típica do restaurante você encontra abaixo. Confira!

Sopa de Tomate do P.J. Clarke’s

Rendimento: 4 porções
Ingredientes
• 2 kg de tomates maduros
• 500 g de cebola
• 200 g de pimentão vermelho
• 5 g de pimenta dedo de moça
• 250 g de salsão
• 100 g de alho
• 50 ml de azeite
• 250 g de creme de leite
• 40 g de manjericão
Modo de preparo
• Em uma panela refogar a cebola, o pimentão vermelho, o salsão, a pimenta dedo de moça e o alho
• Depois de refogado colocar o tomate maduro picado e deixar cozinhar bastante, para que os tomates maduros se desfaçam
• Acrescente o manjericão e acerte o sal. Por último coloque o creme de leite
• Deixe resfriar um pouco e bata tudo no liquidificador

Por Redação; Foto Divulgação

 

Receita de sopa de cenoura e gorgonzola
Opção é ideal para as temperaturas baixas

carmelo_armazem_-_sopa_de_cenoura_com_gorgonzola_-_carla_trindade_01
O Carmelo Armazém, localizado no Flamengo, no Rio de Janeiro, é uma novidade dochef Marcos Alvim – também proprietário do restaurante Carmelo, estabelecido na mesma rua. A empreitada é um mix de empório e padaria com sugestões de produtos e cardápios de dar água na boca! Ele ofereceu à Casa Vogue uma de suas receitas especiais: sopa de cenoura com gorgonzola! Confira abaixo.

Receita de sopa de cenoura com gorgonzola
Chef Marcos Alvim, do Carmelo Armazém
Rendimento: para uma pessoa
Ingredientes

• 1 colher (sopa) de manteiga
• ½ cebola pequena picada
• 200 g de cenoura picada
• 1 pitada de sal
• 1 pitada de pimenta do reino
• 1 pitada de noz moscada
• 1 colher (sopa) de alho poró
• 400 ml de caldo de galinha
• 70 g de queijo gorgonzola picado
• 1 colher (chá) de salsinha picada
Modo de preparo

• Refogar na manteiga a cebola e o alho poró
• Adicionar a cenoura e mexer por 5 minutos em fogo médio
• Acrescente o caldo de galinha, o sal, a pimenta e a noz moscada
• Assim que a mistura começar a ferver, coloque em fogo baixo por 15 minutos, até a cenoura cozinhar. Deixe esfriar.
• Bata no liquidificador e sirva em um prato fundo. Finalizar com o gorgonzola e com a salsinha

 

Por Redação; Foto Divulgação

Fonte: Casa Vogue

Especial sopas: o frio chegou!

Receitas deliciosas para aproveitar o inverno

Junto com as baixas temperaturas aparecem as receitas quentes, ideais para aquecer o corpo e o espírito no frio – além de ajudar a manter o peso durante os meses do ano onde a vontade de comer aumenta. Por isso, selecionamos sopinhas para aproveitar debaixo do cobertor, a dois ou em família. São opções tradicionais, como a sopa de tomates e a de cebola; e até pratos exóticos, como o caldo asiático Wonton. Vamos para a cozinha?

Dica de Sopa nº1:  Creme de batata baroa

Receita deliciosa leva camarões e creme de leite

creme_de_batata_baroa_com_camarao_stuzzi_foto_alle_vidal

O carioca Stuzzi, localizado na rua Dias Ferreira, no Leblon, se transformou em uma sensação gastronômica por suas pequenas porções e petiscos com inspirações italianas. Quem comanda a casa é a chef Paula Prandinim, que oferece sua receita especial de creme de batata baroa com camarão para a Casa Vogue. Confira!

Creme de baroa com camarão

Rendimento: 4 porções

Ingredientes

  • 400 g de batata baroa
  • 16 camarões médios limpos
  • ½ cebola pequena picada
  • ½ dente de alho picado
  • 20 g de manteiga sem sal
  • Sal e pimenta do reino a gosto
  • 150 ml de creme de leite fresco
  • 100 ml de caldo de legumes
  • Salsa fresca batida a gosto
  • Azeite extra virgem a gosto

Modo de preparo

  • Descascar e cortar a baroa em pedaços. Em uma panela, refogar a manteiga, a cebola e o alho, sem deixar queimar
  • Juntar a baroa e refogar por alguns minutos. Adicionar o creme de leite, o caldo e acertar o sal e a pimenta do reino
  • Deixar cozinhando por cerca de 5 minutos ou até que a baroa esteja macia. Retirar do fogo e bater no liquidificador ou com um mixer até formar um creme consistente e liso. Se precisar, adicionar um pedacinho de manteiga gelada para ajudar na cremosidade
  • Em uma frigideira, grelhe os camarões no azeite e acerte sal e pimenta. Sirva o creme bem quente em um potinho e coloque os camarões por cima; se quiser, salpique com a salsa fresca batida
  • Sirva com algumas torradas de pão italiano

por Redação; Fotos Alle Vidal | Divulgação

 

Dica de Sopa nº2:  Wonton – Aprenda a Sopa Asiática

Receita leva espinafre e pimenta do reino branca

pf_changs_-_wonton_soup_-_baixa

O P.F. Chang’s surgiu nos Estados Unidos no ano de 1993, inspirado na culinária asiática. Inaugurado em São Paulo em 2014, seu cardápio é recheado de receitas muito apimentadas. É apreciador de pratos condimentados ou quer experimentar novidades? Anote a dica abaixo e aproveite:

Wonton Soup

Rendimento: até 4 porções

Ingredientes

  • 800 ml de água
  • 1 peito de frango
  • Pimenta do reino branca a gosto
  • Sal a gosto
  • 50 g de carne suína moída
  • 6 unidades de massa para wonton (à venda em lojas de culinária oriental)
  • 1 colher de sopa de cebolinha picada
  • 2 cogumelos brancos fatiados
  • 3 folhas de espinafre
  • 4 camarões cozidos na água

Modo de preparo

Cozinhe o peito de frango na água

No caldo do frango cozido, misture a pimenta do reino branca e reserve

Tempere a carne suína com cebolinha picada, sal e pimenta a gosto. Recheie as massas de wonton com a carne suína temperada. Dobre a massa em triângulos, passe água nas pontas e feche

Cozinhe os wontons na água por 4 ou 5 minutos. Retire e reserve

Por último, adicione no caldo do frango cozido e aquecido o espinafre, os cogumelos, os camarões cozidos e os wontons recheados e sirva

por Redação; Foto | Divulgação

 

Dica de Sopa nº3:  Direto da França – Sopa de Cebola

Chef estrelado ensina receita tradicional

chez_lami_martin_sopa_de_cebola_fabio_rossi_2

Da França para o Rio de Janeiro, o restaurante Chez L’ami Martin, do chef Pascal Jolly, localizado no Leblon, tem clima de bistrô e oferece diversas receitas com inspirações – ou legitimamente – francesas, como a sopa de cebola. Confira o passo a passo abaixo e corra para a cozinha!

Sopa de cebola do chef Pascal Jolly

Rendimento: 5 porções

Ingredientes

  • 60 g de cebola comum fatiada em formato meia-lua
  • 20 ml de azeite
  • 1 colher (sopa) de farinha de trigo
  • 1,5 l de caldo de galinha, carne ou legumes
  • 2 folhas de louro
  • 1 ramo de tomilho
  • 2 dentes de alho esmagados
  • 100 ml de vinho branco seco
  • 25 torradas de pão (5 por pessoa)
  • 150 g de queijo gruyère
  • Sal e pimenta do reino a gosto

Modo de Preparo

  • Fatie a cebola
  • Refogue a cebola com azeite na panela, com alho e temperos
  • Coloque vinho branco e deixe reduzir completamente
  • Coloque a farinha de trigo e continue o cozimento
  • Coloque o caldo de galinha e deixe cozinhar por 20 minutos
  • Tempere com sal e pimenta de reino a gosto
  • Na hora de servir, coloque a sopa bem quente em tigelas individuais. Para finalizar, é só gratinar no forno com as torradas e o queijo gruyère ralado, e voilá, já pode servir!

Por Redação; Fotos Fabio Rossi e Alexander Landau | Divulgação

 

Fonte: Casa Vogue

Torta caprese, um clássico da Itália

Aprenda sobremesa típica e deliciosa

braz_trattoria_-_torta_caprese_fior_di_latte_-_lufe_gomes2

O Bráz Trattoria, restaurante com ares industrial chic de São Paulo, surgiu da parceria entre a dupla de chefs Benny Novak e Renato Ades e os proprietários da pizzaria Bráz. Eles cederam gentilmente à Casa Vogue uma sobremesa tradicionalmente italiana. Vamos à receita? Mãos à massa!

 
Torta Caprese do Bráz Trattoria

Rendimento: 1 torta ou 12 pedaços

Ingredientes

• 3 xícaras de chá de farinha de amêndoas
• 1 xícara de chá bem cheia de açúcar
• 6 ovos
• 1 xícara de chá de manteiga sem sal
• 300 g de chocolate 70%, em barra
• ½ xícara de chá de açúcar de confeiteiro

Modo de preparo

• Derreta o chocolate e a manteiga no micro-ondas
• Bata os açúcares e ovos na batedeira em velocidade baixa. Acrescente a manteiga e o chocolate derretidos e depois a farinha de amêndoas. Mexa bem devagar
• Coloque em forma de fundo falso, untada com manteiga e polvilhada com chocolate em pó. Asse a 160º C por 50 minutos. Para finalizar, polvilhe açúcar de confeiteiro e sirva com sorvete de creme

 

Fonte: Casa Vogue

Por Redação; Foto Lufe Gomes | Divulgação

Hospedagem com o charme do Oriente

Em Hong Kong, hotel une modernidade e tradição

Considerado o melhor hotel boutique da Ásia pelo World Boutique Hotel Awards 2014, o The Pottinger Hong Kong oferece uma hospedagem luxuosa a seus hóspedes em um bairro agitado e bem localizado. A região, no coração da cidade, conta parte da história do lugar em meio à modernidade.

lazer-hotel-the-pottinger-10

São 68 quartos, que variam entre 23 e 68 m², com uma vista ampla do entorno. Além disso, os ambientes exibem uma decoração com toque romântico e oriental, assinada pela designer de interiores australiana Suzy Annetta, especialista em projetos de hotéis. A profissional é reconhecida por combinar muitas cores em seu trabalho, além de utilizar materiais refinados. Por isso, ornamentos clássicos e tons pastel podem ser apreciados em todos os ambientes.

lazer-hotel-the-pottinger-09

Outro diferencial do hotel é a exposição de obras do lendário fotógrafo e diretor de cinema chinês Fan Ho. Ele passou décadas munido de sua câmera clicando cenas de um de seus locais favoritos em Hong Kong, o Central – região financeira onde localizam-se importantes empresas e consulados. Lá, ele capturou o dia a dia agitado do lugar e buscou as melhores luzes e ângulos. Assim, os hóspedes podem conhecer um pouco mais da história de Hong Kong por meio das lentes de Fan Ho enquanto caminham pelos espaços do The Pottinger Hong Kong.

lazer-hotel-the-pottinger-08 lazer-hotel-the-pottinger-13

lazer-hotel-the-pottinger-12 lazer-hotel-the-pottinger-06

lazer-hotel-the-pottinger-01 lazer-hotel-the-pottinger-05

lazer-hotel-the-pottinger-11 lazer-hotel-the-pottinger-07 lazer-hotel-the-pottinger-14

Fonte: Casa Vogue

Por Nádia Simonelli | Fotos Divulgação